Os segredos para ter emotional fitness

Emotional fitness: Rich Fronning é considerado o homem mais “sarado” da história, campeão de quatro “olímpiadas do fitness” por anos consecutivos. Ele é o ícone do crossfit, uma modalidade de exercício físico que tem conquistado cada vez mais adeptos.

[leadeo id=”2″]

O crossfit é uma série de exercícios funcionais que combinam dez elementos físicos: resistência cardio-respiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão. Na minha opinião, há duas aptidões essenciais para avaliar todas essas 10: controle emocional e foco mental.

Na biografia de Fronning (First), ele define o sucesso dele ser 30% físico e 70% treino mental. Preste atenção: 70% do desempenho físico depende do condicionamento mental! Ele busca a prática perfeita, ou seja, praticar nas condições mais próximas possíveis das que ele vai encontrar nas competições.

Além disso, ele visualiza o movimento dos exercícios antes de executá-los e se imagina como o próprio supervisor dos seus movimentos: ele se imagina fora do próprio corpo, como se estivesse em pé olhando ele praticar os exercícios. Isso em programação neurolinguística se chama desassociação (emocional) em segunda posição perceptual.

Outro elemento importante, que considero o GRANDE SEGREDO do sucesso de Fronning é a consistência na média. Fronning afirma que você não precisa ser o melhor em todos os exercícios e todas as aptidões, você deve ser bom nelas, mas não necessariamente o melhor.

Isso leva à seguinte reflexão: quantas vezes você ignorou o todo, a visão holística da sua vida, porque uma área específica não era exatamente como você queria?

Você provavelmente generalizou o problema e, quando algum amigo te alertou ara lago bom na sua vida, você segmentou a solução?

emotional fitnessA estratégia é exatamente oposta: segmentar, compartimentalizar, perceber que o problema está em apenas UMA área de sua vida, não em toda; e prestar atenção para a variedade e quantidade de resultados em OUTRAS áreas da sua vida. Assim você consegue buscar força de onde está faltando para compensar algo que possa ser corrigido.

Essa consistência do equilíbrio da média eu considero a base para o emotional fitness. Quando você trabalha demais a paciência ou tolerância com alguém, parece que ela vai se esgotando com outras pessoas também. Neste momento, tenha consciência que você deve dar um “descanso” para este recurso (paciência e tolerância).

Se pergunte qual outro recurso poderia substituir ou ser um complemento eficiente à paciência. Talvez assertividade, provavelmente alternar formas de comunicação, estimular outros recursos até a paciência reestabelecer suas energias.

Lembre-se: você pode ser bom em tudo, mas não necessariamente o melhor. Busque exercitar outros recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *